Receba os novos posts pelo seu e-mail

sábado, 3 de fevereiro de 2018

118. Jerome Powell é o novo presidente do FED.


Janet Yellen despediu ontem do Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos, após 14 anos de atuação na instituição, sendo os últimos 4 anos como presidente. O resultado é que economia americana está com taxa de desemprego a mais baixa das últimas duas décadas. Há lições para tirar da política monetária dos Estados Unidos. 

O caminho escolhido pela Janete Yellen permitiu o agressivo estímulo à economia para sair da crise financeira mundial de 2008. A então presidente do Fed, adotou medidas de vigorosa liquidez na base monetária. Yellen mesmo após sair da crise financeira de 2008, da fase mais aguda, sempre demandou sua atenção ao índice de desemprego, defendendo redução lenta gradual medidas de liquidez. 

O novo presidente Jerome Powell, indicado que foi pelo presidente Donald Trump, fica na dependência de verificar se o Fed terá condições de imprimir o aperto monetário sem o risco de voltar à situação da crise de 2008. Na última reunião presidida pela antecessora Yellen, o Fed decidiu manter a taxa de juros entre 1,25% a 1,50%, abaixo do índice da inflação corrente que esta em torno de 2,5% ao ano. 

Toda atenção volta para a postura do novo presidente do Fed Jerome Powell em relação ao alargamento ou aperto da base monetária . O mercado financeiro apresentou sinais de apreensão, ontem. Vamos ver como fica. O mercado financeiro mundial também está acompanhando a tendência do Dow Jones. 

Ossami Sakamori



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espaço reservado para expressão de livre pensamento, desde que obedecidas as boas regras de civilidade. Não permitimos o uso de palavras incompatíveis com o propósito deste blog.